Sonho.

black hair

Uma multidão a encobria.
Não podia ver seu rosto.
Não podia chamar pelo seu nome, pois não sabia qual era.
Apenas sabia que era para mim.
O sangue pulsante correndo sob minhas veias…
Meu peito chamando pelo dela para se unirem em um só.
Ela estava perdida… E eu apenas queria encontrá-la.
A via ao longe, de costas, como se não soubesse para onde ir.
Em contrapartida, eu sabia que queria buscá-la, mas meus pés não se moviam.
Era como uma maldição… um feitiço que me deixava preso.
Ela estava tão longe…
Estiquei meu braço para tentar alcançá-la, mas a distância que havia entre nós era cruelmente enorme. Ela estava desamparada e eu queria abraçá-la.
Uma voz gritava em minha cabeça dizendo : “Ela é sua, vá buscá-la. Ela está perto… Aproveite!”
Mas era mentira.
Talvez ela estivesse perto, mas eu estava longe.
Ela estava sendo tocada por todos… Menos por quem deveria tocá-la.
Uma leve brisa roçou seus cabelos negros e em seguida veio em minha direção.
Ouvi um sussurro, talvez sua voz, ou talvez apenas a brisa gritando em meu ouvido: “Venha me buscar!”.
E eu iria… Mas estava preso.
Talvez não fosse para ser.
Talvez fosse apenas um grande desejo dentro de mim de estar com alguém, de me apaixonar, mas não era pra ser.
Não era pra ser, não era pra ser… mas talvez fosse.

Acordei num sobressalto.
Minha testa estava molhada, meu peito subia e descia devido a minha respiração acelerada.
O quarto escuro denunciava que eu estava em casa, no meu lar, onde sempre estive e onde sempre deveria estar.
A mulher não existia, foi apenas um sonho.
Ela era uma linda ilusão… E nada mais.

Cuera

Cuera

Carioca de nascimento e mineira de alma. Coleciona um pouco de tudo: séries, livros, filmes, cadernos, memórias, objetos inúteis e até horas infinitas de procrastinação (provavelmente estará no programa “Acumuladores” no futuro). É escritora e quer viver de fazer literatura (isso se o livro que está escrevendo sair algum dia das 18 páginas escritas)
Cuera

Últimos posts por Cuera (exibir todos)

3 comments / Add your comment below

  1. É incrível como você transmite a emoção eu fiquei aqui aflita querendo logo que alcançasse a menina de cabelos negros rsrsrs. E mais um manuscrito lindo!!

Deixe uma resposta