Há Um Garoto Que Conheço.

boy I know

Há um garoto que conheço.
Ali vem ele, indo e vindo à minha frente.
Aqui vem ele, indo e vindo em minha mente.
Num dia ele usa preto; noutro, usa branco.
Num dia ele usa branco; noutro, usa preto.
No começo era apenas uma vez.
E agora já são três.
Há um garoto que conheço.
Mas eu não conheço de verdade.
Nunca pude vislumbrar seus lábios abertos em um sorriso.
Nunca pude observar sua alma através de seus olhos.
Porque está sempre de cara fechada, expressando extrema seriedade e uma pitada de arrogância em seu caminhar.
Ou, quem sabe, apenas uma timidez enclausurada e mascarada por um orgulho vulgar.
Se ele não sorrir, se nunca sorrir… Não vou saber de verdade.
Há um garoto que conheço.
Mas não conheço nada. Nada de nada.
Não sei onde trabalha, que idade tem, qual é o tom de sua voz ou se fala decentemente o português.
Não faço idéia de quais sãos seus sonhos, se ele sequer tem sonhos ou se está perdido na entediante e medíocre realidade que a maioria dos humanos se vêem presos.
Não sei se tem irmãos, se tem amigos, namorada ou até inimigos.
Há um garoto que conheço… Mas não conheço nem seu nome.
Seria simples como Guilherme, Ricardo e Felipe?
Ou composto como João Marcos, Bruno Paulo e Marcelo Henrique?
Não faço ideia para qual time vibra ou se é de Sagitário, Aquário ou Libra.
Não sei, não. Não sei de nada.
Porque ele está sempre assim: passando rápido demais, de forma imperceptível se eu não presto atenção, três vezes ao dia, usando ou preto ou branco.
Há um garoto que conheço…
Apenas um garoto eu conheço…Que realmente gostaria de conhecer.

Cuera

Cuera

Carioca de nascimento e mineira de alma. Coleciona um pouco de tudo: séries, livros, filmes, cadernos, memórias, objetos inúteis e até horas infinitas de procrastinação (provavelmente estará no programa “Acumuladores” no futuro). É escritora e quer viver de fazer literatura (isso se o livro que está escrevendo sair algum dia das 18 páginas escritas)
Cuera

Últimos posts por Cuera (exibir todos)

7 comments / Add your comment below

  1. Eu vou te bater porque você fala que as coisas ficam péssimas quando elas ficam tããão singelas!!! E já te disse que você é muito filha da mãe por escrever o que pode acontecer com qualquer um. Eu bem acho que todo mundo tem essa de “Apenas um garoto eu conheço…Que realmente gostaria de conhecer”. Quero te apertar =D

  2. Mt bom o texto Cuera! E como disseram aí em cima, é um texto calmo e tranquilo de ser ler. E não sei aonde vc tá vendo que tá escrevendo mal >.< Vc continua escrevendo TÃO BEM quanto antes! u.u
    AMEIIIII! *-*

  3. Tá agora me diz, ele soa ruim para ti? Está travada, enferrujada? Imagina se estivesse no teu melhor momento! Lindo, como a Mariana disse: amei do começo ao fim. Eu queria saber como tu consegue ser tão delicada com as palavras, este texto soa tão calmo. Demais, amei! Teus textos só melhoram, já tinha dito num outro que era o melhor que tu tinha escrito, mas agora está difícil de ter preferido. Muito gostoso de ler *-*

  4. Tão suave… Tão fofo, lindo! Muito gostoso de se ler. Você se supera sempre, Cucu! Você pode até estar travada para escrever, mas quando escreve… Abre um universo de sensações em cada pessoa que lê seus textos! Te admiro MUUUUUUUITO! Parabéns!

  5. Esse foi o melhor texto que você já colocou no seu blog. Sério! Amei do começo ao fim, você pode falar dos meus poeminas, mas você tem tanto jeito com as letras que até seu alfabeto é lindo. Te amo tanto, mi hadita.

Deixe uma resposta