Meu Erro.

sssaaa

Meu erro foi ter começado.
Meu erro foi ter olhado fundo em seus olhos cor de mel pela primeira vez e ter desejado me perder para sempre neles. Porque agora não sei mais como encontrar o caminho de volta.
Foi ter notado e ter me apaixonado por seu sorriso encantador. Porque agora não sei mais viver sem ele.
Meu erro foi ter acreditado.
Foi ter criado um mundo ilusório com base na ideia de nós dois. Foi ter arquitetado mil e um planos que poderíamos executar juntos. Porque agora não sei mais como viver na dura e fria realidade. A realidade onde sua presença se faz tão ausente. A realidade onde sua falta me mata lentamente.
Meu erro foi ter esperado.
Esperado que um dia nossos caminhos pudessem voltar a se cruzar. Foi ter esperado esbarrar com você em uma rua qualquer, em uma estrada qualquer. Porque agora não posso mais andar em paz. Não posso mais caminhar sem que meu coração dê um salto  no peito ao ver alguém semelhante a você. Não posso mais caminhar sem sentir a frustração gélida no estômago por não ter te encontrado após tanto procurar.
Meu erro foi ter deixado.
Foi ter deixado você penetrar em minha pele como uma leve brisa de outono.
Foi ter deixado seu perfume impregnar minhas narinas e enlouquecer meu cérebro como o doce cheiro de uma flor primaveril.
Foi ter deixado seus braços cálidos protegerem-me de um congelado inverno.
Foi ter deixado seus lábios iniciarem um fugaz romance de verão.
Meu erro foi ter te encontrado, ter te achado pela primeira vez no lugar mais inesperado. Foi ter acreditado que sua alma faria o encaixe perfeito com a minha. Foi ter acreditado que poderíamos formar um todo. Mas me deixastes como a metade vazia de um nada.
Meu erro foi ter calado.
Foi nunca ter confessado com todas as letras que eras meu amado.
Foi ter guardado dentro da caixa de meu orgulho o grande amor que sentia por você.
Meu erro foi ter me apaixonado. E ter temido isso.
Porque agora estou aqui sozinha, aborrecida, abandonada, largada num mar de palavras que já não fazem mais sentido. Num oceano de saudades inquietantes que me fazem querer gritar até o último suspiro.
Meu erro… Ah, meu erro!
Meu erro foi sempre, sempre ter começado.
Porque se eu tivesse tido a coragem de dar-te as costas naquela estrelada noite de verão, se tivesse suportado o desejo eminente de beijar diariamente seus olhos cor de mel… Ah, tudo seria diferente! Seria muito, muito diferente.
Meu erro foi, sim, ter começado.
Do contrário… Do contrário, todo este sofrimento poderia ser evitado.

Cuera

Cuera

Carioca de nascimento e mineira de alma. Coleciona um pouco de tudo: séries, livros, filmes, cadernos, memórias, objetos inúteis e até horas infinitas de procrastinação (provavelmente estará no programa “Acumuladores” no futuro). É escritora e quer viver de fazer literatura (isso se o livro que está escrevendo sair algum dia das 18 páginas escritas)
Cuera

Últimos posts por Cuera (exibir todos)

9 comments / Add your comment below

  1. Literalmente é páreo duro escolher um texto seu pra chamar de perfeito! HAHAHAHA’ Pq todos são mais que perfeitos! Eles são explêndidos!!! >.< Esse por exemplo, me fez pensar mt no que vou sentir quando encontrar a pessoa certa! Cuera, literalmente vc sabe colocar em palavras tudo o que nós por medo, deixamos de falar! ç.ç AHHHHHHHH' cara, para de ser perfeita, vai! 😛 rsrssrrs'

  2. Eu te odeio. Eu vou continuar dizendo isso de novo e de novo e de novo! Para de ser sensacional só um pouquinho, vai? Mentira. Continue sendo sensacional. Continue se expressando dessa forma incrível. Continue escrevendo quando quiser, quando achar melhor, sobre o que achar melhor. Estou aqui por você. E te odeio pelo fato de você saber exatamente o que falar, mesmo sem querer. ♥

  3. Acho que nao foi só eu, mas todo mundo aqui que se identificou com esse texto, né?
    SENSACIONAL, Cuera!
    Me fez até querer enviar pra quem não devo! rs

    Deixa eu fechar isso antes que faça uma besteira!! =S

  4. MANOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO… MANO! Como lidar com o fato de não conseguir pegar apenas um trecho pra colar e comentar sobre? Cada vírgula desse texto eu me identifiquei. Cuera… Caralho! Me perdoe o palavrão. Você é FODA!

    “Meu erro foi ter começado.
    Meu erro foi ter olhado fundo em seus olhos cor de mel pela primeira vez e ter desejado me perder para sempre neles. Porque agora não sei mais como encontrar o caminho de volta.
    Foi ter notado e ter me apaixonado por seu sorriso encantador. Porque agora não sei mais viver sem ele.
    Meu erro foi ter acreditado.
    Foi ter criado um mundo ilusório com base na ideia de nós dois. Foi ter arquitetado mil e um planos que poderíamos executar juntos. Porque agora não sei mais como viver na dura e fria realidade. A realidade onde sua presença se faz tão ausente. A realidade onde sua falta me mata lentamente.”

    “Meu erro foi ter te encontrado, ter te achado pela primeira vez no lugar mais inesperado. Foi ter acreditado que sua alma faria o encaixe perfeito com a minha. Foi ter acreditado que poderíamos formar um todo. Mas me deixastes como a metade vazia de um nada.”

    CARAMBA! Me descreveu demais em um momento anterior da minha vida, hahahahahaha. Você é incrível, não canso de te falar isso. Tu consegue, com tuas palavras, compreender o que nossa alma está querendo gritar, mas que se silencia por medo, por tristeza e pela desilusão. E não precisamos acrescentar mais nada, porque tu consegue entender exatamente pelo que passamos/estamos passando/passaremos. Nossa… Comprava um livro seu fácil e ainda exigia autógrafo e até a marca do beijinho que nem a Xuxa KOSAKASOSAKASOKSAOSAKASOKASOSAKASOKSAOKASOASKSAOKASOSKKO. TU É MEU ORGULHO! SUA LINDA! Sua ESCRITORA linda. Sua PESSOA linda. Sua AMIGA linda. <3

  5. ”Meu erro foi ter esperado.
    Esperado que um dia nossos caminhos pudessem voltar a se cruzar. Foi ter esperado esbarrar com você em uma rua qualquer, em uma estrada qualquer. Porque agora não posso mais andar em paz. Não posso mais caminhar sem que meu coração dê um salto no peito ao ver alguém semelhante a você. Não posso mais caminhar sem sentir a frustração gélida no estômago por não ter te encontrado após tanto procurar.”

    Essa parte é tão ‘eu’ e o que eu tô vivendo agora 🙁

  6. Foi um dos melhores textos que tu escreveu.

    “Foi ter deixado você penetrar em minha pele como uma leve brisa de outono.
    Foi ter deixado seu perfume impregnar minhas narinas e enlouquecer meu cérebro como o doce cheiro de uma flor primaveril.
    Foi ter deixado seus braços cálidos protegerem-me de um congelado inverno.
    Foi ter deixado seus lábios iniciarem um fugaz romance de verão.”

    Mais linda ainda essa parte *-* perfeito.

  7. “Meu erro foi, sim, ter começado.
    Do contrário… Do contrário, todo este sofrimento poderia ser evitado.”

    Ou não ter continuado, né… Mas. Lindo! Como sempre…

Deixe uma resposta