Romances De Banca De Jornal: Sabia Que É Possível Trocá-los?

11830869_1023656164325463_1079190538_n

Romance. Ah, qual leitor não o ama? Somos todos arrebatados por histórias magníficas e muito agraciados pelos diversos tipos que compõem este estilo literário. Mas e se formos falar sobre o tal “água com açúcar”? Um dos tipos mais lidos, até mesmo para aquelas pessoas que recusam admitir. Aquele que guardamos com tanto carinho na nossa estante. Aquele que sabemos desde o princípio da história que os mocinhos vão ficar juntos no final, que vão enfrentar muitos problemas, mas vão acabar bem. Aquele que sua amiga que prefere romance policial diz que jamais vai lê-lo. Aquele que as mais românticas adoram sonhar com que o mesmo aconteça em sua vida. Então vamos discorrer sobre romance? Não exatamente!
Você já ouviu falar em livros de banca? Quero deixar claro antes de apresentá-lo ou relembrá-lo, que vos escrevo de um estado específico do Brasil (Rio Grande do Sul) e sei que alguns lugares fora deste estado também possuem este método (como o estado Paraná). Estou deixando claro porque meu intuito neste texto é incentivá-los a procurar na sua cidade se existe.
O que são livros de banca? São livros, na maioria romances, que são muitíssimo baratos, vendidos em bancas de revistas e que podem ser trocados! Como funciona? Você compra um livro na banca, depois de lê-lo pode voltar e trocar por outro título. E alguns livros possuem duas histórias o que possibilita trocá-lo por outro que seja desta forma ou por dois, não é maravilhoso?  O que estamos esperando para correr para a banca mais próxima e descobrir histórias incríveis? Lembrando novamente que não posso afirmar que este método exista em todos os lugares do Brasil, porém não custa se informar.
Abri este texto falando de romance, água com açúcar especificamente, porque são os mais encontrados nas bancas, e acredito que todos nós em algum momento precisamos da leveza em que estes nos proporcionam. A possibilidade de compra e troca destes livros pode ser uma boa forma de manter a leitura em dia quando não há oportunidades de obter livros que muitas vezes não cabem nos nossos bolsos, metaforicamente falando.
Espero que descubram esta forma maravilhosa de se agraciar com a leitura em suas cidades!  E que tenham ótimas surpresas!

Samantha Suminski

Samantha Suminski

Samantha Suminski, 21 anos. Psicóloga em formação, mas ainda acredita que os animais são melhores que pessoas. Divide seu tempo entre séries, livros e suas habilidades em stalking ainda a farão uma ótima agente do FBI algum dia.
Samantha Suminski

Últimos posts por Samantha Suminski (exibir todos)

Deixe uma resposta