Escritor 20 – Jodi Picoult

 

Jodi_Picoult_250_Final

 

Jodi Picoult nasceu no dia 19 de maio de 1966, em Long Island, nos Estados Unidos.
É formada em Escrita pela Universidade de Princeton e mestre em Educação pela Universidade de Harvard. Publicou duas pequenas histórias na revista Seventeen enquanto ainda estava na faculdade. Picoult sempre tem os seus livros nas listas dos mais vendidos do The New York Times.
Um de seus livros de maior sucesso, A Guardiã da minha irmã, ganhou uma adaptação para o cinema em 2009, contando com Cameron Diaz e Abigail Breslin no elenco. Suas obras já venderam mais de 14 milhões de cópias ao redor do mundo.
É casa com Timothy Warren Van Leer, que conheceu na faculdade e estão casados desde 1989. É mãe de 3 filhos. Jodi hoje em dia mora em New Hampshire com a família e animais de estimação.

Principais obras:

O Pacto (1998)
A guardiã da minha irmã (2004)
19 minutos (2007)
Um mundo à parte (2010)

Opinião Pessoal:

Sempre que me perguntam qual o motivo de eu ser tão obcecada com a escrita de Jodi Picoult e a resposta vem muito fácil: ela é a escritora que eu gostaria de ser. Jodi traz, entre suas obras, livros que abordam temas polêmicos, dramáticos e psicológicos de forma nua, crua e corajosa. Os personagens de suas obras são muito bem construídos e as personalidades ficam muito claras e tridimensionais. Da mesma forma, o cenário e as situações são completamente inusitados e bem construídos. Não li todos os livros dela, mas, todos aqueles que li, trouxeram principalmente, a reflexão sobre o que é justiça e os aspectos da condição humana.
Como traumas podem influenciar uma vida? Os pais realmente conhecem seus filhos? Até que ponto somos boas pessoas? Qual o momento em que a alma humana se rompe? Quantos lados pode-se haver em uma mesma história? Todas essas perguntas pairam nos universos criados por Jodi, mas ela não se atreve a responder nenhuma delas, ela deixa pistas e indagações para o leitor. Isso é o que eu mais gosto nela: o valor que ela dá ao leitor enquanto parte primordial para criação da história. Enfim, acredito que qualquer um que entre em contato com a sua obra será tocado de alguma forma.

 

 

Mariana Bandeira

Mariana Bandeira

Se forma em Letras - Português no primeiro semestre de 2015 (graças a Deus!) e tenta conciliar o TCC, seus alunos, as vinte séries que assiste e os milhares de livros que lê com sua vontade de transformar o mundo em lugar melhor através da educação e o livro que escreve desde 2011.
Mariana Bandeira

Últimos posts por Mariana Bandeira (exibir todos)

2 comments / Add your comment below

Deixe uma resposta