Do Que Você Tem Medo?

fear

Barata se mata.
Dor se cura.
Falta de criatividade não dura.
Amor não mata.
Se mata, não é amor.
É obsessão pura.
Erros podem ser consertados.
E problemas podem ser resolvidos.
Se estiver muito alto, é só fechar os olhos.
Rejeição pode ser superada.
Fofoca é pra quem tem cabeça oca.
E o que é vazio está cheio de nada.
Pais são humanos também.
Notas não te definem.
Não definem a ninguém.
Gordura corporal também não.
O espelho apenas reflete o que você quer ver.
Pobreza é um ponto de vista.
Riqueza é um estado de espírito.
Doença começa na alma.
O que você faz com ela?
Gato preto não dá azar. Sua paranoia dá.
Escuro é só a ausência de luz.
O resto é sua imaginação.
Solidão é uma ótima oportunidade para uma profunda reflexão.
Críticas são apenas um monte de palavras juntas.
Se não deixar que se formem, nada poderão fazer.
Ofensas não podem te afetar. Só se você concordar com elas.
Obstáculos são apenas indícios de que você está indo pelo caminho certo.
A morte faz parte da existência.
Não se pode ter um sem o outro.
Sua vida pertence apenas a você mesmo.
Influências existem, mas, no fim a escolha de como você a vive, é sua.
Falar é fácil e fazer é muito difícil.
Mas tentar é fundamental.

Então, me diga… Do que você ainda tem medo?

Cuera

Cuera

Carioca de nascimento e mineira de alma. Coleciona um pouco de tudo: séries, livros, filmes, cadernos, memórias, objetos inúteis e até horas infinitas de procrastinação (provavelmente estará no programa “Acumuladores” no futuro). É escritora e quer viver de fazer literatura (isso se o livro que está escrevendo sair algum dia das 18 páginas escritas)
Cuera

Últimos posts por Cuera (exibir todos)

12 comments / Add your comment below

  1. Lilyth, acho que todas as pessoas se sentem assim em algum momento! O que devemos fazer é não deixar que esse medo tome toda a nossa vida e atrapalhe nosso caminho 😉

  2. Como disse Cazuza: Medo de amar, de voar, de ser feliz… Medo de perder a inspiracao…
    Tenho medo de nao ser uma boa profissional, tenho medo de chegar a acreditar em mim, tenho medo de deixar de acreditar em mim. Medos, o medo é um mundo horrivel de se viver.

  3. Você nasceu com uma cabecinha afortunada e mãos que são capazes de tocar um coração apenas ao sonhar letras…

  4. Noooosssa, como não vi isso antes? Que lindo. Acho que dos poemas foi o que eu mais gostei até agora. Do que ter medo? Acho que não sobrou nada!

  5. Nossa, gostei demais desse! Muito mesmo! Falou tudo, sem rodeios, e nem por isso perdeu o encanto. Isso é poesia! E também a melhor forma de encarar verdades… Amei o texto! Sobre o escuro, “o resto é sua imaginação”, digo que por isso é que a gente tem probleminhas: imaginação fértil! (Risos, risos). E o medo ruim mesmo é o medo de ter medo, né, como mostra o texto, pro resto todo se dá jeito! E fim, parei de tagarelar e digo que amei.

Deixe uma resposta