Os 10 Melhores Trechos De Livros Que Já Li.

tumblr_mxichlGs8T1t4hacio1_500

 

Sempre fui apaixonada por quotes/trechos dos mais variados tipos de arte feita com palavras. Procuro sempre guardar essas frases, esses momentos de reflexões dos mais diversos personagens, seja de livros, filmes, seriados, etc. Até porque eu sempre procurei motivos para comprar mais e mais cadernos, e anotar quotes por aí sempre foi a desculpa perfeita para comprá-los. E não só por isso. Sempre que me sinto melancólica, desanimada ou não me sentindo boa o bastante para nada, eu abro um desses cadernos, esperando encontrar a palavra de consolo quando não há mais ninguém por perto.
Já li muitos livros e seria impossível listar os “melhores quotes de todos os tempos”, até porque eu precisaria ler os mais de 3 bilhões de livros escritos pelo mundo para fazer uma lista desse tipo. Os quotes seguintes são frases que têm a ver comigo, com o que acredito, com o que considero belo. Assim como me deixaram maravilhada desde o primeiro momento em que bati os olhos nessas letras, espero que elas tenham o mesmo efeito sobre vocês também.

 

 

1.    “Como a maioria dos sofrimentos, este começou com uma aparente felicidade.” – A Menina Que Roubava Livros, de Markus Zusak

2.    “A verdade é que preciso do estímulo de outras pessoas. Sozinho diante do fogo apagado, inclino-me a ver as partes fracas de minhas histórias. O verdadeiro romancista, o ser humano perfeitamente simples, poderia continuar imaginando indefinidamente. Não integraria as coisas numa só síntese como eu. Não teria essa sensação devastadora de cinzas frias numa grelha apagada. Uma cortina cerra meus olhos. Tudo se torna impenetrável. Cesso de inventar.” – As Ondas, de Virginia Woolf.

3.    “Suspeito eu, porém, que a explicação dessa singularidade já ficou assinalada. Aurélia amava mais seu amor do que seu amante; era mais poeta do que mulher; preferia o ideal ao homem. Quem não compreender a força desta razão, pergunte a si mesmo porque uns admiram as estrelas com os pés no chão, e outros alevantados às grimpas, curvam-se para apanhar as moedas no tapete.” – Senhora, de José de Alencar.

4.    “A vida de artista é uma vida de risco, incertezas e quase sempre de pobreza. Não a escolhemos, ao contrário, é ela quem escolhe você” – Marina, por Carlos Ruiz Zafón.

5.    “Acho que foi por observá-lo que desenvolvi minha teoria de que os estúpidos se conservam melhor fisicamente porque não são corroídos pela ansiedade existencial à qual as pessoas mais ou menos lúcidas se veem submetidas.” – A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón.

6.    “As marcas que os seres humanos deixam são, com freqüência, cicatrizes.” – A Culpa É Das Estrelas, de John Green.

7.    “Todo ponto de vista é a vista a partir de um ponto. Duas pessoas não enxergam a mesma coisa do mesmo modo. Não vemos apenas com os olhos do rosto; vemos também com os da mente e do coração.” – Aldeia do Silêncio, por Frei Betto

8.    “Você é uma pessoa diferente, querendo ser igual. E isto, no meu ponto de vista, é considerado uma doença grave. (…) É grave forçar-se a ser igual: provoca neuroses, psicoses, paranóias. É grave querer ser igual, porque isso é forçar a natureza, é ir contra as leis de Deus – que, em todos os bosques e florestas do mundo, não criou uma só folha igual à outra.” – Veronika Decide Morrer, por Paulo Coelho.

9.    “Porque a fé é igual à imaginação. Ela vê uma coisa onde não há nada, dá um salto e de repente você está voando.” – A Menina Que Fazia Nevar, por Grace McCleen

10.    “Afinal, existem tantas coisas frágeis. Pessoas se despedaçam tão facilmente, sonhos e corações também.” – Coisas Frágeis, por Neil Gaiman.

7 regras importantíssimas para a vida

Rodando, como sempre, pela internet nas minhas longas horas de procrastinação, encontrei essa listinha e achei muito interessante. Pode parecer algo meio clichê de auto-ajuda, aquelas velhas lições que já ouvimos mil vezes por aí, mas, não sei, acho que nunca é demais relembrá-las. Eu sei que eu preciso relembrá-las todo o tempo, porque geralmente eu me desespero ante certas situações, sou impaciente demais, emotiva demais… Listas como esta me fazem bem. Me fazem lembrar qual é o melhor caminho. E mesmo que adiante só um pouquinho… Bem, um pouquinho é melhor do que nada, certo?
Espero que, assim como para mim, esta lista possa servir para vocês também.

1.    Faça as pazes com o seu passado para que ele não perturbe o seu presente.

past
2.    O que as outras pessoas pensam de você não é da sua conta

bla bla
3.    O tempo cura quase tudo. Dê tempo.

time22222
4.    Ninguém está encarregado da sua felicidade. Apenas você.

bola
5.    Não compare a sua vida com a dos outros e não os julgue. Você não faz ideia da jornada deles.

seds
6.    Pare de pensar demais. Está tudo bem não saber as respostas. Elas virão quando você menos esperar.

ghuydd
7.    Sorria. Você não possui todos os problemas do mundo.

ikjuju

5 filmes para assistir neste Natal

O Natal é uma data mágica. Independente de religião, crença etc., este dia atinge nossos corações com suas canções alegres, crianças felizes com a chegada do Papai Noel, pisca-piscas que deixam qualquer recinto mais aprazível aos olhos e nos dá a oportunidade de fazer as pazes com aquele familiar com quem geralmente não vamos muito com a cara, ao freqüentarmos aquela reuniões quase obrigatórias na noite do dia 24. Talvez ao crescermos este dia perca um pouquinho da magia que tinha quando éramos crianças, mas para qualquer pessoa que esteja nem que seja um pouco receptiva à magia desta data, o Natal é uma ótima chance para descansarmos da correria do dia-a-dia e aproveitar plenamente o que é realmente importante na vida.
Assim como as canções, as luzes e as energias, filmes Natalinos nos proporcionam muita diversão com seus enredos leves e divertidos, sempre com mensagens de amor, paz, redenção e tudo o de mais positivo que um filme pode passar. Por isso, selecionei 5 filmes natalinos que adoro e que são ótimas pedidas para ver nos dias 24 e 25 com toda a família.
São eles:

1- Um Homem De Família

Esse é um dos meus filmes preferidos, não só de Natal, mas de todos os gêneros.
O filme conta a história de Jack Campbell, um riquíssimo e importante investidor de Wall Street que tem aparentemente tudo o que qualquer pessoa deseja na vida: um enorme apartamento em Nova York, carros de luxo, uma sólida carreira e qualquer coisa material que faça parte dos sonhos de consumo dos seres humanos. Numa certa noite, recebe uma ligação de sua ex-namorada de adolescência e passa a refletir sobre como sua vida seria se tivesse desistido da proposta de emprego e permanecido ao lado dela. Em uma noite mágica, Jack recebe a oportunidade (mesmo sem querer) de viver um pouquinho dessa vida. No dia seguinte, ele acorda “magicamente” no subúrbio de Nova Jersey, casado com sua namorada de adolescência, com dois filhos e um cachorro. Talvez essa não tenha sido a vida que ele sempre sonhou… Ou talvez sim.

um homem de familia

2 – Esqueceram de Mim

É possível fazer alguma lista de filmes natalinos sem citar esse clássico infantil? Acho que todo mundo já viu esse filme, mas ele é tão bom e a data é tão propícia que não custa ver de novo.
Esquecido em casa pela sua família em época de Natal, Kevin McCalister, um menininho de 8 anos, precisa não só aprender a se virar sozinho, como também impedir que sua casa seja assaltada por dois bandidos. O resultado a maioria já conhece: um filme recheado de diversão e risadas, proporcionando um clima perfeito para uma tranqüila noite de Natal.

esqueceramdemim_1990_poster_grande

3 – A Bela e a Fera – O Natal Encantado

Quem é fã deste maravilhoso clássico da Disney não pode perder a sua versão especial de Natal.
Madame Samovar relembra de quando Bela quis fazer um Natal especial no castelo, já que a Fera não gosta desta data, pois foi neste dia em que passou de homem a uma fera horrenda. Contudo, Bela e os objetos mágicos do castelo fazem de tudo para trazer um espírito natalino ao lugar. Eles só não esperavam que um ex-compositor da corte chamado Forte, agora um melancólico órgão que odeia o Natal, estivesse determinado a colocar tudo a perder.

DVD-A-BELA-E-A-FERA-O-NATAL-ENCANTADO

4 – Um conto de Natal

Inspirado no livro do grande escritor inglês, Charles Dickens, a animação traz a história de Ebenezer Scrooge, um homem ranzinza, ganancioso e avarento que é levado pelo “espírito” do Natal a visitar seu passado, o presente e o futuro, fazendo-o enxergar a vida e a si mesmo de uma forma diferente.

 

fotocapa

5 – O Príncipe e Eu

Este filme britânico mostra a jovem Jules, que ganha a guarda de seus sobrinhos após sua irmã e o marido sofrerem um acidente que lhes tirou a vida. Com a data do Natal se aproximando, Jules recebe o convite do avô das crianças, o duque de Castlebury, um velho frio e mal-humorado, que ainda sofre pela perda do filho mais velho, para passarem a data em seu enorme castelo. Porém, é lá que Jules conhece o príncipe Ashton, filho mais novo do duque, e a inesperada aproximação dos dois faz renascer na casa e no coração do Duque o espírito natalino novamente.

cartaz_oprincipeeeu_cartaz_220x283

11 Palavras Intraduzíveis De Outras Culturas

Em todas as línguas do mundo existem expressões características de suas próprias culturas, de seu próprio povo. A linguagem é algo muito complexo e abrangente.  Alguns conceitos podem existir em alguns idiomas e outros não e vice-versa. Assim como a palavra “Saudade” só existe no português (em outras línguas é possível dizer que sente falta de alguém, mas não existe uma única palavra que resuma tal sentimento), o mesmo acontece em outros lugares, onde uma única palavra pode significar sensações, uma situação etc. Elas são consideradas “intraduzíveis”, mas com jeitinho é possível explicar o seu sentido e significado.
Abaixo segue algumas delas:

1) Waldeinsamkeit (alemão) – A sensação de solidão, de se estar sozinho em uma floresta.

wood

2) Culaccino (italiano) – A marca que um copo gelado deixa sobre a mesa.

glass

 

3)  Iktsuarpok (inuíte) – O sentimento de expectativa que te fez olhar lá fora para ver se alguém está chegando.

window

 

4) Komorebi (japonês) – A luz do sol que se infiltra pelas folhas das árvores.

leaf

5) Pochemuchka (russo) – Uma pessoa que faz muitas perguntas.

why

6) Sobremesa (espanhol) – O tempo que você passa conversando com uma pessoa com quem você dividiu o almoço ou jantar.

meal

7) Jayus (língua indonésia) – Uma piada muito mal contada e sem graça que acaba fazendo alguém rir.

joke

8) Panapo’o (havaiano) – O ato de coçar a cabeça para ajudar-te a lembrar algo que você esqueceu.

think

9) Dépaysement (francês) – A sensação que alguém tem quando não está em seu país de origem.

country

10) Goya (urdu) –  A sensação que alguém tem quando uma ficção é tão bem contada que parece real.

fiction

11) Mangata (sueco) – O “caminho” que a luz da lua produz sobre a água

moon

 

Lista originalmente postada em: http://blog.maptia.com/posts/untranslatable-words-from-other-cultures