Os Melhores Do Ano – Por Bárbara Gusmão

1)Melhor Livro: Silêncio Escancarado – Rui Nogar

SILENCIO_ESCANCARADO_1428815255444556SK1428815255B

Selecionei “Silêncio Escancarado”, do Rui Nogar, porque foi uma descoberta maravilhosa. Você pode ler um pouco sobre a obra e o autor clicando neste post do Sonhos de Letras. Estudar Literatura Africana de Expressão Portuguesa no último semestre do curso de Letras foi uma ótima experiência, já que pude aprender sobre essas literaturas e sobre a própria história de alguns países da África. Assim, esse livro que mais tarde tornou-se o objeto de estudo da minha monografia foi uma das melhores surpresas do ano e uma experiência única.

2) Melhor Série: Gran Hotel

 Gran_Hotel_TV_Series-432106970-large

A série espanhola Gran Hotel foi a melhor descoberta, para mim. Como a Cuera já disse um pouco sobre o enredo, deixo aqui o link do post dela. Vi, por acaso, alguém indicando a série e curiosa que sou, corri para pesquisar. Não tenho palavras para demonstrar meu amor por Gran Hotel. Um enredo gostoso que flui facilmente e nos prende ao assistir, com mil mistérios sendo embaralhados a cada episódio, fotografia maravilhosa, personagens apaixonantes e um ship de partir e reconstruir meu coração. Sem contar o idioma maravilhoso. Amei e desejei que não tivesse fim!

3) Melhor Filme: Como estrelas na Terra (Taare Zameen Par)

taare-zameen-par-2007

O meu filme do coração é Como estrelas na terra. Cuera me indicou e disse – mais de uma vez – que eu deveria assistir. Recentemente, após um episódio que vivenciei relacionado ao tema do filme, me lembrei da sugestão e me senti instigada a assistir. Ainda bem que me rendi ao impulso, pois é um filme lindíssimo, uma história maravilhosa, pois tem uma essência tão bela e transmite a grandiosidade da infância e da mente de uma criança, principalmente uma criança extraordinária como o personagem do filme.

4) Melhor Música: La Playa

Bem difícil de escolher, principalmente porque as músicas de Delta Goodrem são presença constante na minha vida… Entretanto, acredito que La Playa, de La Oreja de Van Gogh, foi uma das músicas que mais escutei e cantarolei, afinal, LODVG também está sempre presente no meu player. É uma música muito linda e a historinha dela me recorda a de El Muelle de San Blás, de Maná, o que a torna ainda mais linda e querida.

5) Melhor Surpresa: Jessica Jones

maxresdefault

Não estava nem um pouco com vontade de ver mais “séries de heróis”, eu disse. Porém, após me render e começar a assistir, Jessica Jones foi uma grande e excelente surpresa. Não só por ser uma série bem feita, mas também pela forma como a conduziram até agora, com os temas que foram postos em discussão por meio do enredo, principalmente em relação à mulher, e todo girl power que a Jessica coloca em ação. Espero que continue sensacional.

Bárbara Gusmão

Bárbara Gusmão

Mineira, 22 anos, formada em Letras Português. Apaixonada por idiomas, deseja aprender sempre mais. Procrastina infinitamente vendo séries, lendo livros e escrevendo contos que nunca finaliza. Sabe que não é possível abraçar o mundo, mas isso não a impede de continuar tentando.
Bárbara Gusmão

Últimos posts por Bárbara Gusmão (exibir todos)

Comments

comments