Os Melhores Do Ano – Por Karla Araújo

1)Melhor Livro: A Seleção – Kiera Cass

a seleção

Desde que aprendi a ler, não houve um ano em que tão poucos livros ocuparam a cabeceira da minha cama como em 2015. Shame of me. Diante de tão poucos candidatos, o melhor do ano foi A Seleção (o primeiro da série), de Kiera Cass. Inclusive, postei no Sonhos de Letras meus 9 momentos preferidos. O futuro feudal com quase nenhuma tecnologia foi uma das coisas que mais chamou minha atenção no texto de Cass. Além disso, a história de Maxon e America, claro. Todo mundo ama uma boa história (muito bem escrita, sem pontas soltas) de duas pessoas que demoram três livros para ficarem juntas.

2) Melhor Série: Demolidor

demolidor

Nunca é fácil escolher a melhor série. Mas 2015 foi o ano de Marvel’s Deredevil. Eu não conhecia o personagem dos quadrinhos até assistir ao seriado. Apertei o play como uma boa poser apenas viciada em séries de TV de super-heróis. Foi bem difícil passar pelas cenas fortíssimas de luta e confesso que algumas apenas escutei. O que me prendeu, como acontece nos livros, é o texto excelente. E claro, Charlie Cox. Mas não posso deixar de destacar o ótimo papel desempenhado por The Flash, Arrow, Agent Carter, Chigado Fire e Chicago PD em 2015.

3) Melhor Filme: Alvin e os Esquilos (na Estrada)

alvin

Só fui pior do que na leitura de livros no item assistir filmes. Amo ir ao cinema. Amo filmes. Mas morro de preguiça. Duas horas parece tempo demais quando eu poderia assistir pelo menos três episódios de seriados usando os mesmos minutos. Vale dizer que eu perdi Os Vingadores no cinema pelos motivos mencionados. Então, minha escolha é o último filme que assisti no cinema, semana passada, com meus primos. Gosto muito de desenho e da mensagem positiva que eles passam, que neste caso é “mexeu com um de nós, mexeu com todos nós”.

4) Música Mais Tocada Em Meu Player: Closer Than You Know – Hillsong

Hillsong é também conhecida como a banda que reproduz o som do céu. Eles são incríveis. Faço parte de uma equipe de louvor e eles definitivamente são um exemplo. A letra é linda e a melodia corta meu coração em tantas partes que nem sei dizer. Parte favorita da música mais tocada: “Lord I hear you I know you’re there / Closer now than my skin and bonés could dare”.

5) A Maior Surpresa: Gilmore Girls

Gilmore Girls (L-R) Lauren Graham as Lorelai Gilmore and Alexis Bledel as Rory Gilmore

Sou apaixonada por séries dos anos 80 e 90. Voltei a assistir Gilmore Girls no meio do ano e não lembrava o tanto que era bom. Foi minha melhor descoberta do ano. Agora, ela fica em lugar especial, bem ao lado de Full House, junto com outros seriados que assisto bem devagar por medo de acabar. Não me quero spoilers, mas minha torcida é por Lorelai e Luke. Rory tem um lugar especial no meu coração por querer ser jornalista. Tão cheia de sonhos, pobre menina.

Karla Araújo

Karla Araújo

É quase jornalista, tem 21 anos, amor por livros, séries e fé. Uma ideia pode acompanhá-la por anos, mas no momento em que coloca isso no papel, esquece. Graças a Deus pelo papel.
Karla Araújo

Últimos posts por Karla Araújo (exibir todos)

Comments

comments