Os Melhores De 2015 – Por Samantha Suminski

 

  1. Melhor Livro: Os Instrumentos Mortais – Cassandra Clare.

images.livrariasaraiva.com.br

Então, sim, é uma saga e não um livro único. Sou uma pessoa que gosta muito de ler todos os tipos de livros e gosto de buscar sempre assuntos novos, mas o que me prende muito mesmo, que é paixão na certa, são livros de fantasia. Eu li alguns livros maravilhosos esse ano, foi difícil escolher, entretanto escolhi essa saga, porque ela fez com que eu quisesse fazer parte do mundo dos caçadores de sombras, fez com que eu me sentisse deslocada quando terminei de lê-la. E o que contou como critério de desempate na escolha (hihi) foi porque mesmo passados meses, eu ainda fico pensando e querendo fazer parte do mundo desses livros.

2) Melhor Série: Chicago PD.

chicago-pd

Eu escolhi por ser uma série em que eu comecei a assistir esse ano, apesar de ela ser do ano passado. Além disso, é umas poucas séries que tem me prendido e feito com que eu quisesse mais e mais (The Walking Dead não fique com ciúme, faz parte dessa lista). Sem contar que tem Voigth com aquela voz que prefiro não comentar, Antônio com todo encanto de latino, Olinsky que é a coisa mais fofa desse universo (me adota) e nem comento sobre Linstead. (E nem falo que sou apaixonada por Sophia Bush).

3) Melhor Filme: O Grande Herói.

herou

Eu não sei se eu não vi muitos filmes esse ano ou se eles não foram tão significativos, porque o único (que eu lembro) que eu realmente gostei foi O grande herói, gosto muito de filmes de guerra e esse principalmente tem uma história incrível, além de tudo é baseado em fatos reais. (O que deixa melhor, o único que não dá sendo baseado em fatos reais é de terror hihi).

4) Música Mais Tocada Em Meu Player: Chains – Nick Jonas.

Não se choquem, por favor. Meu gênero musical preferido é o rock e obviamente sempre será o mais tocado no meu player, porém essa música me conquistou na primeira ouvida. Sempre tive um preconceituozinho básico com alguns cantores pops, principalmente ex-Disney, entretanto essa música seduz, ela tem um ritmo de sedução, a letra também de certa forma e sem contar que o cantor deu bom né? Enfim, é uma música que continua tocando frequentemente no meu player.

5) A Maior Surpresa: Extraordinário – R. J. Palacio.

vcvcvcv

Eu poderia colocar a música aqui, ou poderia trocar de categoria com o melhor livro, porque esse livro é realmente extraordinário. E divide meu coração de melhor livro, sim. Deixei ele como maior surpresa, porque apesar de a maioria das pessoas falarem bem e de eu me interessar já pelas resenhas sobre ele, foi uma grande surpresa pelo rumo que a história tomou, esperava algo pesado, difícil, porém encontrei uma leveza incrível, algo que não tinha pensado que poderia ocorrer diante do tema do livro, me apaixonei pelo personagem e por toda a maneira como a história foi escrita. Além de me deixar surpresa, ganhou meu coração.

Samantha Suminski

Samantha Suminski

Samantha Suminski, 21 anos. Psicóloga em formação, mas ainda acredita que os animais são melhores que pessoas. Divide seu tempo entre séries, livros e suas habilidades em stalking ainda a farão uma ótima agente do FBI algum dia.
Samantha Suminski

Últimos posts por Samantha Suminski (exibir todos)

Comments

comments