Lados Opostos: Hábitos e Inspirações de Escritores Famosos Mostram Que Não Há Receita Certa Quando Se Trata De Fazer Literatura.

Muito é falado sobre os hábitos de famosos escritores. Seja em entrevistas para jornais ou em dicas para escritores iniciantes, é bastante comum ver alguém falando sobre a melhor hora pra escrever, se escreve melhor com ou sem barulho, com café ou com álcool, ou até mesmo com superstições, como caneta da sorte, mesa específica, além de outras peculiaridades.
Os quadros abaixo deixam bem claro que, não importa a sua rotina, suas manias ou suas crenças, não há uma receita especial na hora de se criar uma obra, pois os autores tinham hábitos completamente diferentes e, ainda assim, foram responsáveis por grandes livros que marcaram para sempre a Literatura. No fim das contas, o segredo é realmente sentar na mesa, largar a procrastinação e começar o trabalho, não importa quais meios você use para iniciar esse processo.
Contudo, observe essas curiosidades interessantes acerca desses escritores mundialmente famosos:

1. Noite e Dia.

Há uma magia em escrever à noite. E os escritores abaixo sabem disso. Aí está a lista de autores que escolheram criar enquanto os outros estavam dormindo.

lados 1

Ser um passarinho matutino também é muito popular entre escritores famosos.
Abaixo você irá encontrar disposição junto à lista de escritores que construíram sua fama nas primeiras horas da manhã.

 

lado 2

2. Café ou Chá?

Inúmeros escritores foram fãs de chá ou café. Honoré de Balzac bebia mais de 50 xícaras (!!) de café por dia e ainda comia semente de café às vezes.
Alexander Pope usava o café para fins medicinais (para reduzir a dor de cabeça).
Simone de Beavoir não podia começar o dia sem uma xícara de chá, e C.S Lewis sempre bebeu chá enquanto lia ou escrevia.

lado 3

3. Devagar ou Rápido?

Alguns escritores tem a habilidade de escrever incrivelmente rápido enquanto outros não.
Isaac Asimov conseguia escrever 4 mil palavras por dia e seu único medo era de quebrar sua máquina de escrever. Por outro lado, Dorothy Parker disse: “Eu não consigo escrever 5 palavras sem mudar 7”

lado 4

4. Gatos ou cachorros?

Tanto gatos quanto cachorros servem de grandes inspirações para escritores!

lado 5

5. Deitado ou se movendo?

Alguns escritores acreditavam que a posição horizontal era mais producente para sua escrita, enquanto outros preferiam o movimento.

lado 6

 

Para ver o post original, clique aqui!

Cuera

Cuera

Carioca de nascimento e mineira de alma. Coleciona um pouco de tudo: séries, livros, filmes, cadernos, memórias, objetos inúteis e até horas infinitas de procrastinação (provavelmente estará no programa “Acumuladores” no futuro). Quer ser escritora e viver de fazer Literatura (isso se o livro que está escrevendo sair algum dia das 16 páginas escritas)
Cuera

Comments

comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.